Notícias e eventos

Comunicado de Recall Mitsubishi ASX e Outlander

A HPE Automotores do Brasil Ltda. convocou nesta segunda-feira (15/10), os proprietários dos veículos modelos ASX e Outlander, abaixo identificados a agendarem junto a uma concessionária da marca, a verificação e eventual substituição dos componentes da pinça de freio traseiro e/ou ajustador automático do freio de estacionamento.

Identificação dos veículos envolvidos

ASX fabricados entre 2013 e 2017 chassis (ordem não sequencial) de DZA00101 a JCH33018

Outlander fabricados entre 2012 e 2016 chassis (ordem não sequencial) DZ002641 a GZA05021

No comunicado, a empresa informa que devido a vedação inadequada do eixo da pinça do freio de estacionamento, poderá ocorrer infiltração de umidade no interior da pinça e consequente oxidação do eixo. Além disso, em razão de processo de fabricação inadequado, o ajustador automático do freio de estacionamento poderá não funcionar corretamente, provocando a perda da força de travamento do freio do veículo. Como consequência, ele poderá se mover mesmo com o freio de estacionamento totalmente acionado, com risco de danos graves e/ou fatais, aos ocupantes do veículo e/ou terceiros.

Para agendamento e mais informações, a Mitsubishi disponibiliza o telefone 0800 702 0404 (de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h), o e-mail sac@hpeautos.com.br e o site www.mitsubishimotors.com.br/recall

Mitsubishi Outlander

 

A HPE Automotores do Brasil Ltda. convocou nesta segunda-feira (15/10), os proprietários dos veículos modelo Outlander 3.0L V6 e 2.2L Diesel, fabricados entre setembro de 2016 e junho de 2018, com números de chassis (ordem não sequencial) de HJA00101 a JZA00390, a agendarem junto a uma concessionária da marca, a reprogramação da Unidade de Controle Eletrônico.

No comunicado, a empresa informa ter identificado que a programação da Unidade de Controle Eletrônico do veículo foi inadequada, afetando o correto funcionamento do Sistema de Suavização de Colisão Dianteira e do Sistema de Controle de Estabilidade Ativa. Como consequência, o veículo poderá manter a frenagem moderada acionada por mais tempo do que o necessário ou mesmo quando não houver objeto presente na zona de colisão. Além disso, o ele poderá apresentar comportamento inesperado, prejudicando a dirigibilidade do motorista, o que poderá causar acidentes e conseqüentes danos graves e/ou fatais, aos ocupantes do veículo e/ou terceiros.

Para agendamento e mais informações, a Mitsubishi disponibiliza o telefone 0800 702 0404 (de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h), o e-mail sac@hpeautos.com.br e o site www.mitsubishimotors.com.br/recall

Ford Fusion

A Ford Motor Company Brasil Ltda. convocou nesta segunda-feira (15/10), os proprietários dos veículos modelos Fusion, abaixo identificados a agendarem junto a uma concessionária da marca, a substituição da bucha do cabo seletor da transmissão automática.

Identificação dos veículos envolvidos

Modelos 2013 fabricados de 16/5 a 16/7/2013 chassis (8 últimos dígitos) de DR313383 a DR373074

Modelos 2014 fabricados de 29/6/13 a 28/6/2014 chassis (8 últimos dígitos) de ER116002 a ER395524

Modelos 2015 fabricados de 14/6/14 a 6/4/2015 chassis (8 últimos dígitos) de FR100046 a FR308089

Modelos 2016 fabricados de 23/3 a 31/8/2015 chassis (8 últimos dígitos) de GR100047 a GR204486

No comunicado, a empresa informa que a graxa lubrificante aplicada na bucha do cabo seletor de marchas pode causar deterioração desta bucha ao longo do tempo, impossibilitando que o cabo seletor mova a transmissão para a correta posição das marchas. Nesta hipótese, caso o motorista mova a alavanca do cambio para a posição “estacionamento” (“P”) e saia do veículo sem acionar o freio de estacionamento, o veículo pode não se encontrar travado na posição “estacionamento” e se mover involuntariamente, sem nenhum alerta sonoro ou no painel, com risco de acidentes que podem causar danos físicos aos ocupantes do veículo e terceiros.

Até que o reparo seja realizado, a Ford reforça a necessidade de acionamento do freio de estacionamento sempre que o motorista sair do veículo. Para agendamento e mais informações, disponibiliza o telefone 0800 703 3673 e o site www.ford.com.br

 

O Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, orienta os consumidores sobre seus direitos: A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

 

O que diz a lei

 

O Código de Defesa do Consumidor (CDC), em seu artigo 10, estabelece que: “O fornecedor não poderá colocar no mercado de consumo produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança.

 

§ 1º O fornecedor de produtos e serviços que, posteriormente à sua introdução no mercado de consumo, tiver conhecimento da periculosidade que apresentem, deverá comunicar o fato imediatamente às autoridades competentes e aos consumidores, mediante anúncios publicitários.”

 

Outra questão importante, que deve ser observada pelos consumidores, refere-se a exigência do comprovante de que o serviço foi efetuado, documento que deverá ser conservado e repassado adiante, em caso de venda. Caso tenha sido comercializado mais de uma vez, o atual proprietário terá o mesmo direito ao reparo gratuito.

 

Conforme a Portaria Conjunta nº 69 de 15/12/2010, da Secretaria de Direito Econômico e do Diretor do Departamento Nacional de Trânsito, o veículo que não for reparado/inspecionado em até 12 meses, após o início da campanha de recall, terá a informação lançada no campo ‘observações’ do próximo CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) emitido pela autoridade de trânsito.

 

Os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos.

 

A Fundação Procon-SP mantém, desde 2002, um banco de dados com informações sobre todas as campanhas de recalls realizadas no Brasil: http://sistemas.procon.sp.gov.br/recall/.

 

Fundação Procon-SP

Assessoria de Comunicação

e-mail: imprensa@procon.sp.gov.br

(11) 3824-7276 / 7277 / 7168 / 6967 / 7279

Post anteriores

Abrafiltros assina Termo Aditivo com metas até 2021 para logística reversa de filtros do óleo lubrificante automotivo em São Paulo

Próximo post

Monroe lança série sobre troca do amortecedor dianteiro do Renault Sandero Stepway