DestaquesNotícias e eventos

Em defesa do nosso setor

Autozone no Brasil coloca oficinas em risco

A renomada marca de varejo de autopeças norte-americana Autozone que possui mais de 5 mil pontos nos Estados Unidos e que atua no formato de atendimento ao dono do carro, isto é, “comercializa autopeças para o cliente final para que o mesmo conserte seu veículo em casa” encontra-se a alguns anos no Brasil e pelo material promocional distribuído demonstra claramente a intenção de mudar a cultura do dono do carro no Brasil para que o mesmo conserte seus veículos, cenário este para a indústria da reparação de veículos preocupante, pois  não percebem o valor nesta indústria, que movimentou em 66,4 bilhões de reais em 2016, valendo destacar que cerca de 70% deste faturamento são autopeças.

O Sindirepa Nacional registra que o setor gera 200 mil empregos diretos e atinge próximo a mais 600 mil indiretos, além disto, o conserto em vias públicas e mesmo residências podem estar enquadrados como proibidos dependendo do serviço, mas na sua maioria acabam sendo de risco ambiental, visto que estas instalações não estão preparadas para tal atividade.

O folheto distribuído sinaliza também um impacto na indústria de equipamentos, pois as lojas Autozone no Brasil anunciam que disponibilizam equipamento para diagnóstico e teste recarga de bateria para qualquer pessoa sem a exigência de qualquer competência técnica,  valendo destacar que os Estados de São Paulo e Pernambuco mantém publicadas as leis 15.297 e 15.421 específicas para o funcionamento de oficinas mecânicas.

Alertamos as empresas de reparação de veículos para que conheçam bem seus fornecedores de autopeças com o objetivo de verificar se não são seus concorrentes diretos e que estejam respeitando as diretrizes que vem sendo conquistada a anos nesta indústria.

Post anteriores

8º Prêmio Sindirepa-SP acontecerá no dia 20 de junho

Próximo post

Junho Mês da Manutenção Preventiva dos Veículos em São Paulo e outras localidades

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *