Notícias e eventos

Honda Civic, Fit e WR-V conquistam prêmio Melhor Valor de Revenda 2020

· Os veículos apresentaram a menor desvalorização em seus respectivos segmentos em estudo da Kelley Blue Book Brasil em parceria com a revista Quatro Rodas
· HR-V e City também ficaram entre os três modelos com melhores resultados em suas categorias

 

22 de julho de 2020 – A Honda conquistou três títulos na premiação Melhor Valor de Revenda 2020, realizado pela Kelley Blue Book Brasil (KBB), empresa de pesquisas especializada na avaliação de automóveis, em parceria com a revista Quatro Rodas. O estudo indica os modelos que menos desvalorizaram no último ano (2019), ou seja, aqueles que mais preservaram o valor investido pelo proprietário.

Foram considerados 122 veículos vendidos no Brasil, em diferentes versões ofertadas, divididos em 22 categorias. Todos os modelos produzidos nacionalmente pela Honda tiveram destaque na premiação. Entre os sedãs médios, o Civic apresentou a menor desvalorização do mercado, com 24%. O Fit obteve o melhor resultado entre os monovolumes/station wagons, com 33%. Na categoria SUV compacto, o WR-V alcançou a melhor marca, com 26%, enquanto o HR-V ficou em terceiro colocado, com desvalorização de 31%. Já o City ficou entre os três primeiros dentre os sedãs compactos de referência, com 36%.

“Essa premiação reforça a durabilidade, qualidade e confiança dos veículos Honda e o nosso compromisso constante com o consumidor, tanto em relação aos produtos, como em todo o serviço pós-vendas”, afirma Roberto Akiyama, vice-presidente Comercial da Honda Automóveis do Brasil.

O conceito de depreciação adotado no estudo calcula o valor residual do veículo, ou seja, o quanto o modelo custava em uma data específica no passado e o quanto ele custa no presente. Foram considerados os preços dos modelos em janeiro de 2019, de acordo com os valores sugeridos pelos fabricantes, e o preço alcançado 12 meses depois (janeiro de 2020) na hora da revenda.

Os preços foram levantados por meio de sistema de coleta e processamento de mais de 800 mil dados de mercado. Segundo a KBB Brasil, os lojistas absorvem a maior parte da oferta de veículos particulares. Por isso, para o cálculo do valor residual foi considerada como base uma transação de venda do veículo particular para um lojista.

Honda Civic
O Honda Civic, sedã médio detentor de 11 premiações nacionais e inúmeras internacionais pela imprensa especializada, foi renovado em 2019 com novos equipamentos de conforto e tecnologia em todas as versões, oferecendo ao consumidor um sedã ainda mais completo e diferenciado.

A linha 2020 também introduziu a versão LX, uma opção que oferece toda a segurança, qualidade construtiva, dinâmica e conforto da família Civic com atraente custo-benefício para o consumidor.

A décima geração do Civic é a maior e mais extensa renovação do modelo em toda sua história, e representa um dos mais complexos e ambiciosos projetos da Honda, exigindo um comprometimento sem precedentes dos recursos de pesquisa e desenvolvimento e da engenharia da marca.

Honda Fit
O Honda Fit oferece uma combinação única de praticidade, versatilidade e aproveitamento do espaço interno. O modelo traz design moderno e tecnologias de iluminação, como faróis em LED na versão EXL, bem como muita conectividade e segurança.

Oferecendo uma construção diferenciada, o Honda Fit traz tanque de combustível na posição central, e o exclusivo sistema Magic Seat de configuração modular dos bancos nas versões LX, Personal, EX e EXL.

Em todas as versões, o modelo possui sistema VSA (Vehicle Stability Assist) com controle de tração e estabilidade, e HSA (Hill Start Assist) de assistência de partidas em rampas, entre outras tecnologias.

Honda WR-V
O WR-V foi o primeiro automóvel desenvolvido pela Honda Automóveis do Brasil. O SUV compacto traz a proposta de oferecer muito conforto, tecnologia e versatilidade, além de segurança.

O conjunto dinâmico do WR-V foi projetado para permitir altura do solo, vão livre e ângulos de ataque e saída compatíveis com a proposta de um SUV, sem comprometer o conforto e a agilidade de um modelo compacto.

Tomando como referência a versatilidade dos produtos da Honda, o WR-V traz de série uma das grandes inovações da marca, o sistema de bancos Magic Seat. O sistema permite diversas configurações de assentos e a acomodação de objetos de grandes dimensões. Tomando como referência a versatilidade dos produtos da Honda, o WR-V traz de série uma das grandes inovações da marca, o sistema de bancos Magic Seat. O sistema permite diversas configurações de assentos e a acomodação de objetos de grandes dimensões.
 

 

Sobre a Honda no Brasil: Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 25 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, administradora de consórcios referência no mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados e, pouco tempo depois, em 1997 a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP). A segunda planta de automóveis da marca, construída na cidade de Itirapina (SP), foi inaugurada em 2019 e concentrará, a partir de 2021, toda produção dos modelos locais, enquanto a unidade de Sumaré se consolidará como centro de produção de motores e componentes, desenvolvimento de produtos, estratégia e gestão dos negócios do grupo Honda. Atualmente, 2 milhões de automóveis da marca já foram produzidos em solo nacional. Durante esses anos, a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1.300 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de automóveis e dos escritórios das cidades de Sumaré e São Paulo, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. Saiba mais em www.honda.com.br e www.facebook.com/HondaBR

Post anteriores

Ford e Intel ampliam a parceria em sistemas anticolisão baseados em câmeras para veículos

Próximo post

Ford revela a data de lançamento do Territory no Brasil em podcast