Notícias - Consumidor

Manifesto Não Vou pagar o Pato pretende evitar a volta CPMF !

PARTICIPE !
Manifesto Não Vou pagar o Pato pretende evitar a volta CPMF !
Mais de 759 mil pessoas já aderiam !
A Fiesp lançou a campanha Não Vou Pagar o Pato que já conta cm mais de 760 mil participantes e tem o intuito de evitar a volta da CPMF, Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras – proposto pelo governo.
O manifesto, assinado pelo presidente ad Fiesp, Paulo Skaf, é uma forma de sensibilizar a classe política de como a medida vai afetar o preço de produtos e serviços, uma vez que toda a operação financeira será taxada.

Se entrar em vigor, o novo imposto deve incidir sobre todas as movimentações financeiras por via bancária feitas por pessoas físicas, como saques em dinheiro, transferências, pagamento de fatura de cartão de crédito e pagamento de contas via boleto.
Se o contribuinte der uma entrada em um imóvel no valor de R$ 100 mil, ele vai pagar R$ 200 do imposto em movimentação financeira – que corresponde à alíquota de 0,2%.

A CPMF existiu entre 1997 e 2007, com alíquota inicial de 0,25% e foi elevada para 0,38% em 2002.Trata-se de mais uma tributação, sendo que produtos e serviços já possuem vários impostos. Veja alguns exemplos. Estudo da Fiesp revela que uma TV de mil reais tem R$ 443,00 de imposto, na gasolina o litro a R$ 3,06, R$ 1,86 é imposto e o por aí. A carga de impostos pode ultrapassar 50% do preço dos produtos.
Para participar do manifesto, basta acessar
http://www.naovoupagaropato.com.br/. Compartilhe!

Post anteriores

Novo vídeo - Como instalar e diagnóstico - MTE Thomson

Próximo post

Consulte o CDI - Centro de Documentação e Informações do Sindirepa-SP