Notícias e eventos

Programa AutoRetorno do IQA ganha versão para Serviços Automotivos

  • AutoRetornoServiços Automotivos chega para garantir a segurança em saúde dos clientes e retomar os negócios
  • Programa foi customizado para o aftermarket automotivo e pode ser aplicado em oficinas de reparação, concessionárias, distribuidores e lojas de autopeças

Parceria com Sírio-Libanês assegura boas práticas de saúde e segurança

 

O IQA – Instituto da Qualidade Automotiva, apresenta o AutoRetornoServiços Automotivos, nova opção do Programa AutoRetorno, customizado para o aftermarket automotivo. Assim como o programa original, o AutoRetornoServiços garante a retomada segura dos negócios durante a pandemia da Covid-19, com foco na saúde e segurança das pessoas, e eficácia das operações, gerando, assim, a confiança que os clientes precisava para retornar às oficinas.

“O AutoRetornoServiços Automotivos conta com toda expertise dos profissionais do IQA, que atuam diretamente com este negócio ”, afirma Sergio Ricardo Fabiano, gerente de Serviços Automotivos do IQA.

O Programa pode ser aplicado em qualquer tipo de empresa que atua no aftermarket automotivo, como oficinas de reparação, concessionárias, distribuidores e lojas de autopeças, assim como comércios de veículos usados, locadoras, entre outros negócios que precisam da presença do cliente.

Saúde e Segurança 
OAutoRetornoServiços Automotivos atua na verificação dos riscos para a saúde e segurança de colaboradores e clientes das empresas participantes do programa. Para isso, o IQA firmou parceria com a área de Consultoria em Saúde do Sírio-Libanês, que desenvolve projetos em saúde para organizações públicas e privadas, cumprindo o propósito fundamental da instituição que é Conviver e Compartilhar.

“Esse é o grande diferencial do AutoRetornoServiços Automotivos. Todo os protocolos de saúde foram validados pelo Sírio-Libanês, referência no tratamento da Covid-19 no mundo, que analisou e validou todo o conteúdo de saúde e segurança para o retorno das atividades”, comenta Fabiano.

A proposta, segundo o gerente do IQA, é oferecer mais segurança para o consumidor ir a uma oficina, com confiança e transparência. “Isso facilita muito ao cliente voltar a frequentar o estabelecimento”, diz Fabiano.

Certificação 
A adesão ao Programa AutoRetornoServiços Automotivos culmina em uma certificação de conformidade com a implementação pela empresa das seguintes etapas do programa:
– Mapeamento dos pontos críticos;
– Análise de riscos;
– Implementação de controles e boas práticas;
– Monitoramento.

“Essas quatro etapas são de responsabilidade e execução pela empresa, e ao final o IQA realiza uma auditoria para validar a conformidade do processo”, explica Fabiano. Para um resultado positivo da avaliação, é emitido um Certificado de Conformidade para a empresa, e o direito de uso do Selo de Certificação AutoRetorno de forma a demonstrar a confiança aos colaboradores, clientes e sociedade.

Fabiano comenta ainda que a auditoria para obtenção do Selo AutoRetorno é realizada com a utilização de um sistema eletrônico de auditoria. “Consciente da necessidade de distanciamento social, e para evitar contatos, a maior parte do processo é remoto, o que demonstra a preocupação do IQA com as diretrizes de saúde e segurança do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS)”, afirma Fabiano.

O IQA – Instituto da Qualidade Automotiva é um organismo de certificação sem fins lucrativos especializado em mobilidade. Criado em 1995 por entidades do setor e do governo, o IQA oferece soluções que fomentam a qualidade e a produtividade nos canais de produção e pós-vendas, como certificação de produtos, serviços e sistemas de gestão; treinamentos; manuais e ensaios de laboratório. É parceiro de organismos internacionais e acreditado pela CGCRE (Coordenação Geral de Acreditação) do Inmetro. Acesse o site www.iqa.org.br.
Post anteriores

Continental promove higienização gratuita de veículos essenciais e caminhões autônomos em São Paulo

Próximo post

Ford usa “cães robôs” de quatro patas para escanear fábricas